terça-feira, 17 de agosto de 2010

Afinal, Que Roupa é Essa?

Caro leitor, visto que todos sempre se confundem com relação aos trajes "ditos" islâmicos, aí vai uma breve matéria para sanar quaisquer dúvidas pertinentes ao caso...

"E dize às crentes que baixem suas vistas e custodiem seu sexo e não mostrem seus ornamentos - exceto o que deles aparece - que estendam seus cendais sobre seus decotes. E não mostrem seus ornamentos senão a seus maridos, ou a seus pais ou aos pais de seus maridos ou a seus filhos ou aos filhos de seus maridos ou a seus irmãos ou aos filhos de seus irmãos ou aos filhos de suas irmãs ou a suas mulheres..." (Sagrado Alcorão - 24:31)

"Ó Profeta! Dize a tuas mulheres e a tuas filhas e às mulheres dos crentes que se cubram em suas roupagens. Isso é mais adequado, para que sejam reconhecidas e não sejam molestadas. E Allah é Perdoador, Misericordiador." (Sagrado Alcorão - 33:59)

Há sempre muita desinformação a respeito de como a mulher muçulmana deve se trajar, sobre o que é realmente imposto pelo Sagrado Alcorão e pelo que é simplesmente cultural e erroneamente atribuído ao Islam.

Vejamos, a seguir, exemplos destes trajes:





A Burqa: É uma veste feminina que cobre todo o corpo, até o rosto e os olhos. É comumente usada pelas mulheres do Afeganistão e do Paquistão. A burqa não é imposta pelo Sagrado Alcorão, não sendo, portanto, um traje islâmico. A burqa é cultural e regional.






O Niqab: É um véu que cobre o rosto e só revela os olhos. É comum no Paquistão, Afeganistão e na Península Arábica. Não são claras as origens do niqab, mas especula-se que ele já existisse em eras pré-islâmicas. A utilidade do niqab seria proteger o rosto em tempestades de areia no deserto, por exemplo. O niqab também é cultural, não é um traje islâmico.



O Shador: A palavra shador significa "tenda". É um traje de origem persa, que cobre todo o corpo com exceção do rosto, cujo uso é documentado desde o século XVIII. Popularizou-se no Irã na época da Dinastia Qãjãr. O shador, embora seja de fato um traje islâmico, é comumente usado para fazer a oração, não sendo utilizado corriqueiramente pelas ruas.



O Hijab: É o véu. Este sim é um traje islâmico obrigatório! O Sagrado Alcorão diz que a mulher não deve exibir as regiões corporais que usualmente recebem ornamentos, como o pescoço, o colo, os braços, os tornozelos. Há implícita a idéia de ornamentos naturais (o corpo) e artificiais. Ou seja: A mulher muçulmana só pode expor seu rosto, suas mãos e pés. Expor mais que isso é indecente, menos do que isso é excessivo e desnecessário.
Agora que todos sabemos a diferença entre eles, paremos de chamar o hijab de burqa e atrocidades do gênero!

7 comentários:

  1. Salam Alaikum irmãos, não podemos dizer que o niqab seja algo cultural, "excessivo e desnecessário". Existem vários ahadith de que as sahabiyat, incluindo Aisha, foram vistas muitas vezes com o rosto coberto.

    Caso desejem mais informações sobre o assunto trago todos os ahadith (que são sahih) com suas determinadas fontes e números.

    Sou da opinião de que desde que a mulher cumpra com o que é obrigatório, se ela vai além disto, não vejo qualquer problema.

    ResponderExcluir
  2. Ah, sobre o Chador. Ele é bastante usado sim. Vi muitas irmãs na Equador usando. Quando estive no Egito também vi, é muito comum. Você encontra o chador em qualquer lugar onde haja muçulmanos. Ele predomina mesmo no Irã, porém, é encontrado em todos os países Islâmicos.

    Salam Alaikum.

    ResponderExcluir
  3. Alaykum Wassalam, irmã!

    Quanto ao Chador ser bastante usado, bom saber! Particularmente acho muito bonito!...

    Quanto ao niqab, ele foi imposto apenas para as esposas do Profeta (SAW) e não para todas as muçulmanas, assim como a oração do "witr", que também era obrigatória apenas para o Profeta (SAW), sendo facultativa aos outros muçulmanos...
    Levemos também em consideração o fato de que eles constantemente atravessavam o deserto e enfrentavam tempestades de areia e o niqab protegia seus rostos (o que não é o nosso caso).
    Há ahadiceque que são divulgados como sahih, que dizem que o niqab é obrigatório, mas muitos ou são fracos ou estão cercados de divergências de opinião. Fato é que o niqab NÃO É OBRIGATÓRIO, NÃO É IMPOSTO PELO ISLAM, sendo então "cultural" e "não religioso"...
    Concordo que desde que a mulher cumpra com que é obrigatória, se ela vai além disto, não há problema, mas reforço que há muitas coisas mais importantes no Islam com que se preocupar do que usar ou não niqab!
    Agradeço a irmã pela colaboração e aguardo por outras como esta!
    Allah Hafiz!

    ResponderExcluir
  4. Enfim irmãos, gostaria de parabenizá-lo pelo belo trabalho no blog. Os textos são ótimos e muito bem escritos, é disto que nossa nação Islâmica brasileira. Vosso blog já está nos meu favoritos. Continuem com o belo trabalho e contem com meu apoio e divulgação.

    Rogo a Allah que continuem abençoando vocês e os concedendo conhecimento!

    Barakallahu fikum!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como conhecer uma pessoa muçulmana para saber de seus costumes, pois tenho vontade de me tornar uma muçulmana pois estou sem religião apenas creio a Deus. obrigada

      Excluir
    2. Salam Aleikum
      Através de redes sociais como Facebook ajuda muito para iniciar um contato, ou então e preferencialmente, nas mesquitas.
      Caso queira fique a vontade para adicionar a mim e à Fatimah: www.facebook.com/omarbinibrahim e www.facebook.com/fatimahbintmaryam

      Ma Salam

      Excluir